Acessibilidade

Desde sua criação, o MCV vem sendo pensado para garantir o acesso de todo o seu espaço e de seu acervo, independente de deficiências ou limitações. Muitas peças do acervo já podem ser tocadas e manipuladas pelos visitantes.

Neste sentido, a plastinação se apresenta como forte aliada, pois com esta técnica as peças anatômicas podem ser tocadas e manipuladas sem restrição. Isso garante ao deficiente visual o acesso a uma área do conhecimento até então incessível para a grande maioria deles.

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910